OMNE DATUM OPTIMUM


5.- Do latim "toda boa dádiva". Foi a Bula Papal emitida pelo Papa Inocêncio II em 29.3.1139 que formalizou a criação da Ordem do Templo e reafirmou a causa militar com as causas da Igreja Católica, além de assegurar-lhe o benefício da salvação eterna. “Estabelecemos que o domicílio ou o Templo, no qual estais congregados, para o louvor e glória de Deus e também para a defesa de seus fiéis e para ser libertada a igreja de Deus, com todos os seus bens e possessões, que no momento é legitimamente conhecido ter, ou que no futuro, por concessão do pontífice, por liberalidade régia ou principesca, por oblação dos fiéis ou por outro justo modo, pelo Deus eminente, tenha podido ser alcançado, pelo tempo futuro e em perpétuo, conste na tutela e proteção da Sé Apostólica”. O nome dessa bula corresponde às três primeiras palavras do capítulo 1, versículo 17 da Carta de Tiago: Omne Datum Optimum et omne donum perfectum Sursum est, descendens um luminum Patre, apud Quem non est nee vicissitudinis transmutatio obumbratio. (Todo dom precioso e toda boa dádiva perfeita vem do alto e desce do Pai das luzes, em quem não há mudança nem sombras de variação). Em poucos anos De Payns e seus confrades passaram a dirigir uma vasta rede de instalações (mansiones) que exigiu a divisão da Ordem em Províncias. O sinete adotado traz a figura de dois cavaleiros montando o mesmo cavalo, significando a dupla natureza moral do Templário, material do guerreiro e espiritual do monge. O vestuário de ordenança era a túnica e manto brancos, com uma cruz vermelha sobre o ombro esquerdo, evidenciando a vocação ao martírio. Estava criada a Ordem protagonista e mais simbólica das Cruzadas.

4 visualizações
 

Formulário de Inscrição

+5551993193125

Carangola, MG, Brasil

©2020 por OSMTH BRASIL. Orgulhosamente criado com Wix.com